Monte Ararat

O Monte Ararat (Ağrı Dağı, em turco) é um maciço vulcânico extinto localizado no leste da Turquia. É constituído por dois picos, distantes um do outro por cerca de 11 km. O Grande Ararat atinge uma altitude de 5169 metros acima do nível do mar, tem o pico mais alto da Turquia e é tradicionalmente considerado o local de repouso da Arca de Noé. O Pequeno Ararat tem uma altitude de 3928 metros acima do nível do mar.

Os dois picos são recobertos por camadas alternadas de lava e cinzas. A maior parte do Grande Ararat foi formada há cerca de dois milhões de anos. O Pequeno Ararat foi formado um pouco depois. Não há registros históricos de erupção em qualquer dos dois vulcões. Acredita-se que a última tenha ocorrido há cerca 10 mil anos.

Por causa da falta de água, a área é relativamente estéril e desabitada. Na época medieval, entretanto, a região tinha vegetação abundante, muitos animais e assentamentos humanos. O desmatamento, pastoreio excessivo e um terremoto devastador, em 1840, no entanto, provocaram grandes danos à área.

 

◄Ásia

 

Acima, o Monte Ararat em meio à neblina. Esta foto foi tirada de um avião, após decolar do aeroporto de Yerevan, capital da Armênia. Embora localizado na Turquia, a cerca de 20 km da fronteira com a Armênia, o vulcão adormecido domina o horizonte de Yerevan. Embaixo, uma fotografia da região tirada do espaço (setembro, 1994 - NASA).

 

Caucaso Mapa

 

Grande Ararat

 

Asia
Monte Ararat Turquia

 

Monte Ararat

 

Copyright © Guia Geográfico - Turismo na Ásia

 

Pequeno Ararat

 

 

Monte Ararat